A exploração de óleo e gás nos blocos Opal e Titã

Saiba mais sobre o processo de exploração em Opal e Titã

Exploração nos Blocos Opal e Titã | ExxonMobil

Em 2018, a ExxonMobil adquiriu a concessão de blocos nas Bacias de Campos e Santos, que são conhecidos como Opal e Titã e estão em fase de exploração. Os blocos C-M-753, C-M-789, S-M-536, S-M-647 e Titã, localizados na Bacia de Campos e Santos, doravante denominados, respectivamente, de BM-C-753, BM-C-789, BM-S-536, BM-S-647 e Titã, foram adquiridos na Agência Nacional do Petróleo; e o bloco de Titã na 5ª rodada de partilha da produção do pré-sal.

Poderão ser perfurados até seis poços exploratórios, sendo dois firmes e quatro que dependerão do resultado dos primeiros, além da possibilidade de realização de testes de poço.

Navio-sonda West Saturn | exxonmobil
Creditos: Seadrill, 2019

Para manter a segurança e qualidade das nossas operações, investimos no que há de mais moderno em equipamentos. Nossa perfuração será feita pelo navio-sonda West Saturn, considerado um dos mais inovadores do mercado. A unidade conta com equipamentos de controle de poço, equipamentos gerais de segurança operacional e de prevenção à poluição.

Como e quando vai acontecer a exploração em Opal e Titã?

A campanha de perfuração teve início em janeiro de 2021 e será feita por meio de um sistema mecânico que busca atingir a profundidade dos reservatórios de óleo e gás. O sistema de perfuração conta com o B.O.P (Blowout Preventer), um sistema de segurança que permite que, em caso de descontrole, ocorra o fechamento do poço. Este sistema possibilita também o monitoramento de uma série de parâmetros específicos que ajudam a detectar rapidamente qualquer problema relativo à perfuração.

Como chegaremos ao Navio-sonda?

O transporte dos trabalhadores para o navio-sonda será feito por helicópteros a partir das bases de apoio aéreo indicadas no mapa.

A base de apoio marítimo dos blocos de Opal e Titã terá funções logísticas, incluindo abastecimento de combustíveis, de acordo com o mapa abaixo.

Mapa de Logística Blocos Opal e Titã | ExxonMobil